Tocantins entre os Estados brasileiros que mais geram emprego


Durante todo ano de 2020, os setores do comércio e da construção civil, se revezam na liderança da geração de empregos formais. No mês de outubro os setores de comércio e serviços lideraram as contratações. Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério da Economia, o comércio contratou 2.004 trabalhadores e demitiu 1.345 deixando um saldo positivo de 659 novas vagas de trabalho, o estoque de empregos no setor, ou seja, a quantidade de trabalhadores ocupados formalmente no setor com carteira assinada são 52.653 postos de trabalho, com 1,27% de variação relativa.





O segundo melhor desempenho no mês de outubro ficou com o setor de serviços, que vinha sendo penalizado com o desemprego, no período mais crítico da pandemia, entre os meses de março a maio, e iniciaram reação a partir de junho. Em outubro o setor contratou 2.020 trabalhadores e desligou 1.747, contribuindo com 273 novas colocações. O estoque de empregos no setor de serviços, com carteira assinada são 86.880 postos de trabalho, em todo o Estado até o mês de outubro. Já o número total de vagas de trabalho são de 195.792.

O Tocantins está entre os seis Estados brasileiros que mais criaram empregos na variação relativa de geração de empregos formais, no acumulado do ano de janeiro a outubro de 2020, segundo dados do CAGED, divulgados pelo Ministério da Economia.

Os dados divulgados referente ao mês de outubro de 2020, apontam que pelo sexto mês consecutivo, ou seja, desde maio de 2020, o nível de emprego vem reagindo. No acumulado do ano, considerando o período de janeiro a outubro, a variação relativa do saldo de empregos no Tocantins foi de 3,15%, o sexto melhor desempenho do país, sendo superado apenas pelos Estados do Acre 4,81%, Pará 4,36%, Roraima 4,23%, Maranhão 3,92% e Mato Grosso 3,33%.

Nesse mesmo período no Tocantins foram registradas 54.758 admissões, contra 48.777 desligamentos, deixando um saldo positivo de 5.981 novos postos de trabalho no mercado formal de trabalho. O saldo é diferença entre número de admissões menos os desligamentos em um determinado período, apesar de negativo quando comparado com o mês anterior, os dados apontam uma tendência de recuperação do emprego.

Comparativamente com os meses anteriores o mês de outubro registrou uma distribuição mais equilibrada entre as faixa etária, até agora, atingindo de forma significativa pessoas na faixas etária dos 18 até 49 anos. Por outro lado, quando consideramos a geração de empregos por grau de instrução, houve uma forte concentração nas contratações de trabalhadores de nível médio completo, foram 1.192 dos 1.504. Na distribuição por sexo, foram 1.254 homens e 250 mulheres.

Para o Secretário de Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Tom Lyra, os resultados positivos são reflexo da política de recuperação que vem sendo desenvolvida pela gestão do Governador Mauro Carlesse. “Temos trabalhado na apoio aos diversos setores produtivos de nosso Estado, atravessamos um momento difícil, assim como todos os estados da federação, mas os nossos esforços têm sido recompensados através dos números promissores que temos alcançado ao longo dos últimos meses de 2020, o que nos leva a acreditar que 2021 será de pleno crescimento para o Tocantins”, concluiu.

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

PIX