PIX

Saiba o que é o PIX, como se cadastrar e como fazer transferências sem pagar taxas

Novo sistema de transferência eletrônica já pode ser utilizado e, apesar de descomplicar transações, ainda deixa muitas dúvidas sobre o que fazer e se é seguro




Desde o dia 16 de novembro, os clientes de instituições financeiras de todo o Brasil podem usar o PIX para fazer transações financeiras, como transferência entre contas e entre bancos, pagamentos e até recebimentos, quando uma empresa ou uma pessoa física vende algum produto. É fácil se cadastrar no PIX e fazer as operações sem pagar tarifas aos bancos, na maioria dos casos. O PIX substitui o DOC (Documento de Ordem de Crédito) e a TED (Transferência Eletrônica Disponível), tipos de transações feitas quando você precisa mandar dinheiro para alguém que tem conta em outro banco. Até agora, essas transferências podiam ser feitas somente nos caixas, terminais eletrônicos ou pelos aplicativos dos bancos para celulares. Mas, para isso, é preciso informar o nome completo, número da agência e da conta, CPF ou CNPJ e, além de demorar mais tempo para a transação ser concluída – no caso do DOC, é de até 24h – quando algum número é preenchido errado, a transação não dá certo e acaba sendo estornada. O cliente, em geral, não é avisado, tem de ficar de olho no extrato bancário. Já com o PIX, basta ter a chave para efetuar as transferências.

Mas o que é chave PIX, afinal? Chave foi a palavra escolhida Pelo Banco Central como um endereço da conta para onde o valor será enviado por meio do PIX. Dessa forma, se você cadastra uma chave para sua conta no banco, ela será registrada para aquela conta e não poderá ser utilizada para nenhuma outra conta, seja sua, no mesmo banco ou outros bancos. Ela é exclusiva. Se você tiver mais de uma conta, precisa cadastrar a chave PIX em todas elas. Na prática, se você vai mandar dinheiro para alguém, você pedirá a chave PIX dessa pessoa. No seu banco (caixas, terminais, internet banking ou aplicativo do banco no seu celular), você acessa o PIX e envia rapidamente – sem precisar informar todos os outros dados, como a conta e CPF. Da mesma forma, se alguém vai mandar dinheiro para você pelo PIX, basta informar a sua chave e, rapidamente, o dinheiro estará em sua conta.

Como cadastro a chave? O cadastro da sua chave é feito no banco ou instituição financeira onde você tem conta. Não é um aplicativo específico ou uma conta diferente. A chave se refere somente a sua conta.

Não acesse links que você receber pela internet. Os bancos não mandam mensagens para você fazer a sua chave. Basta entrar na sua conta corrente e procurar onde está o acesso ao PIX. No aplicativo do banco, acesse ícone do PIX no menu para cadastrar sua chave. Podem ser cadastradas até cinco chaves para cada conta, no caso de pessoas físicas. Já as pessoas jurídicas poderão cadastrar até 20 chaves. A chave PIX pode ser o seu e-mail, o número do seu celular, CPF ou CNPJ ou uma chave aleatória que você pode escolher. A palavra deverá ter até 32 dígitos. Além do aplicativo, o registro das chaves pode ser feito pelo internet-banking ou nas agências. Cada instituição financeira tem seus próprios procedimentos para o cadastro para os casos presenciais.

Fonte: CUT

16 visualizações0 comentário